EDUARDO FELDBERG

          Um cara cristão...

Sinais da Segunda Vinda de Cristo

Por Eduardo Feldberg - 28/03/2006

[Este é um pequeno resumo do capítulo 24 de Mateus, associado a outros textos e referências bíblicas relacionadas à Escatologia. Meu primeiro estudo sobre este assunto era maior, mas se perdeu, quando meu computador quebrou, e por falta de tempo, tive que resumi-lo um pouco.]


 

 

 

O evento mais esperado pelo povo cristão (a Volta de Cristo) será precedido por alguns acontecimentos, descritos em Mateus 24 e em outros textos que analisaremos. Que acontecimentos serão estes e quando se dará o sumo retorno? No capítulo 24 do Evangelho de Mateus, Jesus é questionado por Seus discípulos acerca do fim dos tempos e, nesta oportunidade, o Mestre revela alguns fatos que antecederão e sinalizarão Sua segunda vinda. Vejamos alguns deles: 


1 – Aparecimento de Falsos Messias 
 

Mateus 24.5: "... muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão."


Cristo nos adverte sobre os falsos mestres que tentarão ludibriar as pessoas. Realmente, muitos falsos-cristos têm se alçado e enganado a muitos. Não apenas pessoas se dizendo "o cristo", mas também líderes com novos "evangelhos", distorções do Evangelho, pessoas que pretendem enganar as pessoas com ventos de doutrinas, sofismas religiosos, etc.           


 

2 – Guerras


Mateus 24.6: "E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que  assim aconteça; mas ainda não é o fim."

Jesus nos avisa que sucederão muitas guerras e conflitos. Temos vivido um período tenebroso. Só nos últimos cem anos, o homem pôde ver as duas maiores guerras vivenciadas pela humanidade, além de centenas de outros conflitos de menor proporção.


 

3 – Fome


Mateus. 24.7a: "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes..."

 

Outro item discorrido por Jesus é a fome, essa desgraça que assola o mundo. Por onde formos haverá desigualdade. Segundo estatísticas, mais da metade da população mundial alimenta-se com menos de um dólar por dia e, e em algumas partes do mundo, até mesmo estes já podem ser vistos como “privilegiados”.

 


4 - Desastres Naturais    

Mateus 24.7b: "... e terremotos em vários lugares."       

Jesus cita também os terremotos, representando toda a gama de desastres biológicos e naturais aos quais a terra tem se sujeitado. Furacões, tsunamis, queimadas, calor, frio... A natureza tem revelado sua força, e algumas vezes, declarado os efeitos gerados pela má utilização de seus recursos e benefícios usurpados pelo homem.

 

 

5 – Perseguição    
 

Mateus 24.9: "Então sereis entregues à tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome."           

Jesus relata a perseguição feita aos cristãos. O mundo os odiaria, caçaria por causa de Cristo. O mundo que jaz no maligno têm perseguido os cristãos. Nós, ocidentais, não temos uma perspectiva tão ampla deste genocídio, mas sabemos de diversos casos que comprovam que a perseguição não foi exclusiva à Idade Média e épocas anteriores a nossa, mas mesmo em nossos dias, muitos cristãos têm sido martirizados e perseguidos em países antagônicos a essa religião, pela causa de Cristo.

 


6 – Esfriamento do Amor           

Mateus 24.10 e 12: "Nesse tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão... e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará."   

O multiplicar da iniquidade surtiu no homem uma apatia preocupante. Devido a diversos fatores, como a violência cotidiana e cinematográfica, nossa sensibilidade tem se arrefecido e nosso coração se endurecido, de forma que não nos preocupamos tanto com a necessidade do próximo, não nos sensibilizamos com o sofrimento alheio, mostrando uma falta de amor crescente na humanidade.

 


7 - Conformação com o Mundo           

Lucas 17.26-30: “Assim como foi nos dias de Noé, será também nos dias do Filho do Homem: comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e destruiu a todos. O mesmo aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre e destruiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar.”


As pessoas (inclusive cristãs) têm sido levadas pelos costumes mundanos. Nos versículos acima, lemos que o mundo viverá como na época de Noé e de Ló, dissolutamente, e de fato, hoje em dia vemos muita violência, idolatria, prostituição, sodomia, e ao que parece, a criatividade para o mal e para o pecado se renova a cada momento!

 


8 - Multiplicar da Ciência

Daniel 12.4: “Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.”


Há alguns anos, só se andava de cavalo, e se conversava pessoalmente ou por cartas! Hoje, há opções de viagens espaciais, inúmeros avanços tecnológicos, digitais, informatização de processos. Há quem diga que nos últimos 100 anos, a Ciência evoluiu mais que nos 1900 anos anteriores!     
 


9 - Aumento da Nova-Era           

2 Tessalonicenses 2.9-12: “Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça.”

 
Hoje vemos o crescimento das igrejas cristãs, mas também de diversas outras religiões que visam afastar as pessoas da Verdade, como o budismo, hinduísmo, espiritismo, ocultismo, satanismo, etc. E o problema não é apenas religioso, mas também filosófico. Ideias relativistas, racionalistas, subjetivistas influenciam o homem, o mundo e até mesmo a Igreja, muitas vezes afastando-a dos princípios e da cosmovisão cristã genuína.

 


10 - Derramamento do Espírito Santo

Joel 2.28: “E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões.”


O Espírito Santo vai agir em maiores proporções no meio do Seu povo. Haverá um derramamento da unção, santificação, avivamento, a fim de que o nome de Cristo seja glorificado, sinais atraiam as pessoas, como nos tempos de Jesus, e o maior número de pessoas seja salvo!



11 - Apostasia e Revelação do Anticristo     

2 Tessalonicenses 2:3 e 4: “Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.”

 

A vinda será após o aparecimento do Anticristo. Esta é nossa maior base para saber que a vinda está próxima. Ele se manifestará e tomará o trono no Templo, autodenominando-se “Deus”. Com a influência do mal, muitos abandonarão a fé, tomando seus próprios e enganosos caminhos.

 

 

 

Estes são alguns sinais vaticinados por Jesus e que têm se consolidado nos meandros da história, porém, parecem ter se intensificado nos últimos tempos. Embora eu tenha analisado os sinais à luz dos nossos dias, não quero, com isso, dizer que a Volta de Cristo está muito breve, nem estabelecer possíveis previsões, pois entendo que alguns destes sinais já foram piores em outras épocas anteriores a nossa, mas é inevitável dizer que, com o passar do tempo, cada amanhecer nos deixa mais próximos da segunda vinda de Cristo!

 


 

 

Sua vinda está próxima?        

O alarido dos anjos é iminente?        

Vivemos no prelúdio do arrebatamento?       

Creio que sim, e ai dos que ficarem para o “poslúdio”.

 

 

 

 

 

 

 

Eduardo Feldberg

www.eduardofeldberg.com.br

"Que se apaixonem por Jesus ao estarem com você!"